Página anterior Próxima página

Gestão
Estratégica

A Instituição tem como estratégia expandir seus negócios, de forma consistente e sustentável, agregando valor aos acionistas. Para atingi-la, mantém o foco na diversificação de seu portfólio para pessoas física e jurídica, adotando as seguintes diretrizes:

  1. Crescimento orgânico da estrutura de distribuição, por meio da expansão de sua equipe de vendas e da inauguração de agências de crédito para empresas, lojas de crédito consignado e postos de câmbio.
  2. Aumento seletivo da base de clientes, observando os critérios de qualidade do crédito e garantias adotados.
  3. Fidelização de clientes, ofertando uma gama de produtos que atenda às necessidades e diferencie o Daycoval dos concorrentes, além da introdução de produtos, financiamentos com prazos mais longos e operações de trade finance.
  4. Continuação de aproveitamento de oportunidades no segmento de Crédito Pessoal, mantendo a participação por meio de sua experiência e estrutura no mercado de crédito, e oferecendo produtos atrativos. Exemplos são a celebração de convênios com órgãos públicos e aplicação de tecnologias exclusivas e inovadoras para ter acesso a novos clientes, além do fortalecimento de relacionamento com correspondentes bancários graças a medidas como campanhas de incentivo e treinamento.
  5. Aproveitamento dos canais de distribuição existentes para o desenvolvimento e lançamento de produtos.
  6. Aproveitamento de oportunidades para ampliar a atuação no segmento varejo, como financiamento ao consumidor por meio de concessão de crédito a varejistas baseado em recebíveis (cheques pré-datados), cartões de crédito, como os corporativos, em associação com a Mastercard, produtos de câmbio turismo e para pessoa física.

Esses norteadores são aplicados em linha com os princípios organizacionais do Daycoval. O foco no cliente é um deles, eixo de sustentação da política estratégica, que tem como proposta a manutenção de um relacionamento próximo com esse público. Assim, cada operação é conduzida por gerente comercial com o suporte da estrutura de back office centralizada. Com larga experiência no setor, esses profissionais estão aptos a conduzir negociações que consideram as características e necessidades de cada empresa.

A política de concessão de crédito também é destacada. Com baixo nível de alavancagem e altamente capitalizado, o Daycoval não tem como prática realizar cessão de crédito (repasse da operação para outro banco por falta de capital, ou funding) e, em suas operações, utiliza somente recursos próprios. Para isso, toda a liberação de recursos é realizada pelos Comitês de Crédito com o apoio da equipe de back office, para que a administração tenha controle dos negócios e mantenha o fluxo de caixa coerente com os objetivos estratégicos.

A estratégia de captação de recursos e as operações de Tesouraria obedecem aos mesmos princípios adotados na concessão de crédito: perfil conservador e crescimento constante e consistente. É por isso que o Banco procura diversificar suas fontes de captação e ter um funding adequado, que acompanhe a evolução da carteira de crédito. Esse posicionamento foi um dos fatores que possibilitou à Instituição construir uma sólida estrutura financeira.

O processo de decisão é outro ponto focal. O elevado nível de sinergia entre todas as áreas, inclusive a alta administração, proporciona maior agilidade ao processo decisório. Isso porque o Banco tem uma estrutura pouco complexa e organizada, no âmbito da qual uma proposta de concessão de crédito para novos clientes é analisada e aprovada em aproximadamente 15 dias. No caso de empresas que já mantenham relacionamento com a Instituição, o crédito é aprovado em até um ou dois dias, o que pode ser um diferencial para o cliente aproveitar uma oportunidade de negócio.

Gestão direcionada a resultados é mais uma característica do Daycoval. Para incentivar a busca por ganhos e pela qualidade do crédito, a remuneração dos gerentes comerciais está atrelada ao desempenho, garantindo rendimentos acima da média de mercado. Esses profissionais visitam as empresas, conhecem de perto suas potencialidades e enviam um completo relatório de visitas para o back office do Banco, com informações que permitem entender os negócios e as demandas do cliente. Por conhecer cada histórico, os gerentes podem propor soluções específicas, compatíveis com o fluxo de caixa e a disponibilidade para operações determinadas.

A manutenção da qualidade das garantias também está no foco da gestão estratégica. O Daycoval analisa as necessidades dos clientes e busca estabelecer uma estrutura de garantias capaz de atender às demandas e, ao mesmo tempo, minimizar o risco das operações. São desenvolvidas alternativas para diversificar essas garantias, que incluem recebíveis, imóveis e veículos.

Outro aspecto fundamental para a política de gestão são a renovação do parque tecnológico e a expansão contínua dos negócios. A Instituição aumentou sua equipe de front office (profissionais da linha de frente, que têm contato direto com o cliente) e reforçou o quadro de back office das áreas responsáveis pela avaliação e aprovação de crédito. No front office, optou pela abertura de agências aéreas (em andares de prédios) e contratação de gerentes com remuneração por desempenho.

A ampliação no número de agências de crédito para empresas, lojas de crédito consignado e postos de câmbio turismo é outra vantagem, já que o aumento da demanda por crédito para empresas resultou em oportunidades de novos negócios, em que a ampliação da presença do Banco é primordial para o crescimento.

Políticas de crédito GRI G4-EC2 FS1 FS2

O Daycoval pretende manter a qualidade de seus ativos por meio de políticas de crédito e de gestão de riscos consideradas conservadoras, essenciais para a obtenção de reduzidos níveis de inadimplência ao longo dos últimos anos. Assim, toda a carteira de crédito para pessoa jurídica está classificada em conformidade com a as boas práticas de Responsabilidade Socioambiental. São avaliados:

Governança e gestão ambiental – Visão socioambiental dos gestores da empresa e a adoção de estratégias comprometidas com a eficiência econômica, preservação ambiental e responsabilidade social, no relacionamento com clientes, fornecedores e público interno e externo (stakeholders).

Produtos e processos – Capacidade da empresa em autoavaliar o grau de risco ambiental efetivo e potencial de seus processos, produtos e serviços, assim como a adoção de planos de ação para prevenir e/ou minimizar os reais e potenciais impactos ambientais decorrentes de sua atividade.

Uso racional – Preocupação e práticas adotadas para o uso racional dos recursos naturais e iniciativas para a redução e tratamento dos resíduos.

Cumprimento dos requisitos legais – Atendimento às disposições legais aplicadas ao segmento de atividade do subtomador e autuações aplicadas por órgãos fiscalizadores das políticas socioambientais.

Responsabilidade Social – Identificação e monitoramento dos aspectos e impactos sociais efetivos e potenciais de processos, produtos e serviços, relativos aos trabalhadores e à comunidade. Inclui aspectos de erradicação do trabalho infantil e forçado e a inclusão social de Pessoa com Deficiência (PCD).

Além disso, o Banco mantém elevado índice de liquidez, o que contribuiu significativamente para o aproveitamento das oportunidades de crescimento, pois proporcionou estabilidade no longo prazo.

Para a expansão de negócios, o Daycoval investe na diversificação de portfólio de produtos e serviços

Em Busca da Excelência

O projeto Em Busca da Excelência visa incorporar novos conceitos em todas as áreas de back office na Matriz e nas 39 plataformas comerciais do Banco. Também tem como objetivo incentivar os mais de 1.600 mil colaboradores diretos a refletir sobre a excelência e a forma como cada um pode contribuir para fazer um Banco cada vez melhor e mais eficiente.

Inicialmente, foram envolvidas todas as 96 áreas do Daycoval e concebidos Comitês de Excelência, formados por gestores e colaboradores, responsáveis por mapear cada departamento e propor ações de melhoria em quatro pilares: organização da área (5S); comportamento e atitudes; processos e qualidade; e inovação. Em paralelo, a Instituição revisitou os processos de todos os departamentos, identificando a forma de atuação e o entendimento de cada colaborador para possibilitar o aprimoramento de seus procedimentos. Essa mobilização fez com que os colaboradores refletissem sobre seu cotidiano de trabalho e aperfeiçoassem mais de 500 compromissos no sentido de tornar o Banco mais eficiente operacionalmente.

A segunda fase incluiu a priorização de cinco pilares importantes para o crescimento da instituição e de seus colaboradores: Conhecimento (mais treinamento para gestores e colaboradores), Sustentabilidade (criação de atitudes que melhorem o desempenho econômico, respeito ao meio ambiente e responsabilidade social), Qualidade de Vida (incentivo de ações culturais para os colaboradores), Eficiência (foco total em processos e melhorias) e Solidariedade (contribuição com a sociedade).

Gestão de riscos GRI G4-2 G4-14

O Banco Daycoval entende a gestão de riscos como um instrumento essencial para a geração de valor ao próprio Banco, aos acionistas, colaboradores e clientes. Assim, estabelece estratégias e objetivos para alcançar o equilíbrio ideal entre as metas de crescimento e de retorno de investimentos e os riscos a eles associados, permitindo explorar os seus recursos com eficácia e eficiência na busca dos objetivos da organização. A Instituição monitora constantemente os cenários macroeconômico e setorial, a fim de antever possíveis mudanças que possam influenciar suas atividades. Além disso, adota a política de foco contínuo na disciplina financeira e na gestão conservadora de caixa.

A estruturação do processo de Gestão de Riscos Corporativos, além de satisfazer às exigências do órgão regulador, contribui para uma melhor Governança Corporativa, que é um dos focos estratégicos do Banco Daycoval, e foi desenvolvida ponderando os objetivos, as demandas e a cultura institucional.

A identificação de riscos tem como objetivo mapear os eventos de risco de natureza interna e externa que possam afetar os objetivos das unidades de negócio. Nesse contexto, os Comitês de Risco constituídos e os gestores de riscos desempenham papel importante em suas diversas áreas de atuação, para assegurar o crescimento contínuo do Banco Daycoval.

As Gerências de Risco têm como atribuição identificar, mensurar, controlar, avaliar e administrar os riscos, assegurando a consistência entre os riscos assumidos e o nível aceitável do risco definido pelo Banco Daycoval, e informar a exposição à alta administração, às áreas de negócio e aos órgãos reguladores. A atividade de gerenciamento de risco é realizada de forma colegiada e executada por uma unidade específica, segregada das unidades de negócio e da unidade executora da atividade de Auditoria Interna do Banco Daycoval. As políticas de riscos são aprovadas pelo Conselho de Administração do Banco. A estrutura de Gerenciamento de Capital é composta pelo Conselho de Administração, Diretoria Executiva, Comitê de Gerenciamento de Capital e Gerência de Capital, com o objetivo de monitorar e controlar o capital mantido pelo Banco Daycoval, avaliando a sua necessidade para fazer frente à exposição aos riscos assumidos em suas operações, bem como planejar as metas e eventuais necessidades de capital, considerando seus objetivos estratégicos. A política de Gerenciamento de Capital é aprovada pelo Conselho de Administração do Banco.

É importante ressaltar que mesmo antes da implementação da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA), o Banco Daycoval já se adaptou às normativas e classificou toda a sua carteira de crédito para pessoa jurídica de acordo com os graus de riscos socioambientais necessários.

Principais categorias de riscos

Risco de Crédito - possibilidade de ocorrência de perdas associadas ao não cumprimento pelo tomador ou contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados, à desvalorização de contrato de crédito decorrente da deterioração na classificação de risco do tomador, à redução de ganhos ou remunerações, às vantagens concedidas na renegociação e aos custos de recuperação.

O Banco Daycoval adota estratégia conservadora de atuação, baseada em manutenção de alta liquidez e baixa alavancagem. O Daycoval busca avaliar com muito critério todas as suas operações de crédito para clientes, levando em consideração, também avaliação de sustentabilidade da empresa, do negócio da relação com o próprio Banco.

A política interna, buscando a pulverização da carteira de crédito, estabelece teto máximo de exposição de risco por cliente/grupo econômico de 5% (cinco por cento) do Patrimônio Líquido do Banco referente ao balancete disponível, e eventuais exceções são analisadas caso a caso.

Essa análise possibilita um ganho consistente, diversificação da carteira, pulverização das operações, foco na qualidade das garantias e monitoramento.

Risco de Mercado - possibilidade de ocorrência de perdas resultantes da flutuação nos valores de mercado das posições detidas pelo Banco Daycoval, incluindo os riscos das operações sujeitas à variação cambial, das taxas de juros, dos preços de ações e dos preços de mercadorias (commodities).

Risco de Liquidez - possibilidade de ocorrência de desequilíbrios entre ativos negociáveis e passivos exigíveis – descasamentos entre pagamentos e recebimentos – que possam afetar a capacidade de pagamento do Banco Daycoval, levando-se em consideração as diferentes moedas e prazos de liquidação de seus direitos e obrigações.

Risco Operacional – possibilidade de ocorrência de perdas resultantes de falha, deficiência ou inadequação de processos internos, pessoas e sistemas, ou de eventos externos. Inclui o risco legal, associado à inadequação ou deficiência em contratos firmados pelo Banco Daycoval, bem como às sanções em razão de descumprimento de dispositivos legais e às indenizações por danos a terceiros decorrentes das atividades desenvolvidas.

Em 2014, a área de RO ministrou 627 horas de treinamento de risco operacional para a capacitação e reciclagem dos colaboradores em áreas do back office e plataformas comerciais sobre Risco Operacional, FATCA e Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD), totalizando 339 participações. Foi iniciado um trabalho de capilarização do conhecimento por intermédio dos Agentes Internos de Risco Operacional (AIROs). Os AIROs são selecionados e devidamente treinados para atuar como parceiros da área de Risco Operacional na identificação, no controle e no monitoramento de ações que envolvam qualquer tipo de risco. Para haver o alinhamento de todos, o Daycoval realiza treinamentos periódicos para a área de Risco Operacional.

Além do canal tradicional (por meio dos gestores) qualquer colaborador pode enviar um e-mail para a equipe de RO (riscooperacional@bancodaycoval.com.br) relatando situação adversa. Os profissionais de RO empenham-se em entender a causa e buscar soluções com a área pertinente.

Investimentos

Para manter a qualidade, o Daycoval investe constantemente em infraestrutura, tecnologia da informação (TI) e treinamento de colaboradores. Em 2014, os principais focos de destinação de recursos foram na melhoria do parque tecnológico e de atendimento do Banco, adaptando todas as plataformas internas e externas às novas tecnologias; na troca de equipamentos de iluminação da Matriz e do seu site Boa Vista, ambos em São Paulo, por lâmpadas de LED, mais econômicas e sustentáveis; e no aperfeiçoamento do site backup, com todos os servidores e banco de dados do Banco em local diferente da Matriz. Assim, em caso de qualquer problema técnico no sistema principal, o backup entra em funcionamento instantaneamente.

Quanto ao lançamento de produtos, em 2014 destacam-se o sistema de varejo de cartão de crédito consignado, desenvolvido internamente e agregado ao Sistema de Crédito Consignado, de forma que pode utilizar a base de usuários já existente. Outros marcos do período foram o sistema de e-commerce, também fruto de desenvolvimento interno para atender à venda de cartões pré-pagos de moeda estrangeira para as duas principais bandeiras do mercado internacional, e o novo sistema de aprovação de propostas de empréstimos para Pessoas Jurídicas, disponível para iPhone. O Daycoval tem focado os investimentos também em softwares que permitem a extração de informação e o conhecimento dos dados que estão nos servidores. No mesmo sentido, foram vencidos diversos desafios que estavam colocados para o ano, como a migração do Active Directory do domínio Daycoval para Windows Server 2012 R2. Ainda nessa linha, o fim do suporte do Windows XP em abril de 2014 levou a Instituição a acelerar a migração para o Windows 7. A implantação cada vez maior do Windows Communication Foundation (WCF), ou seja, de aplicações orientadas a serviços, foi promovida nos principais sistemas direcionados ao segmento Empresas, proporcionando maior estabilidade e melhor desempenho.

Outro avanço importante em Empresas foi a previsão de reengenharia que será feita nos principais sistemas, visando organizar suas funções em módulos, de forma que novas aplicações possam ser feitas rapidamente e com mais segurança. Foi também mantido em andamento um projeto inovador relacionado com investimentos via internet banking.

Essas ações também estão em consonância com o recém-criado Comitê de Sustentabilidade para adequação de todos os processos e produtos às normativas nacionais e internacionais ligadas ao tema.

Crédito responsável GRI GRI FS1

O Banco Daycoval conta com um questionário focado em sustentabilidade na avaliação de suas operações de crédito para empresas. São perguntas relativas a temas socioambientais e gerais, além de considerados aspectos cadastrais, econômicos e financeiros e os prazos de operação, rentabilidade e garantia oferecida compatível com o risco do cliente. Os dados cadastrais de clientes ativos também são atualizados anualmente e, de acordo com o segmento de atuação da empresa, é exigida licença ambiental. Com base nas informações recebidas, o Banco elabora um rating indicando a capacidade de pagamento do cliente e o grau de risco socioambiental. São seguidas as regras e diretrizes do Ciclo de Crédito e de seus respectivos processos, sendo eles concessão de crédito, revisão de crédito, monitoramento, cobrança e recuperação.

Investimentos socioculturais

O Banco Daycoval investe e apoia projetos relacionados à educação, à cultura e à saúde, de inserção social e de combate à fome e à miséria por intermédio de cerca de 50 entidades sérias. Em 2014, o total de recursos investidos, seja por meio de leis de incentivo, seja via patrocínios ou doações diretas, foi de R$ 10 milhões, distribuídos entre acesso via Lei Rouanet, FUNCAD, Lei do Esporte, PRONON e PRONAS(mais informações sobre os projetos socioculturais apoiados em Desempenho Social).

Vantagens competitivas

O Banco Daycoval acredita que sua posição entre os líderes em seu setor de atuação é resultado de vários pontos fortes. Ter presença relevante e sólida no segmento de empréstimo a empresas é um deles. A Instituição estabeleceu um sólido e estreito relacionamento com os clientes ao oferecer serviços de alta qualidade e variedade de produtos.

Aliado a esse posicionamento, a rede de agências e os demais canais de distribuição, somados à equipe de gerentes comerciais altamente especializados, possibilitam respostas eficientes às necessidades dos clientes, incluindo a rápida aprovação de crédito, sem o comprometimento de sua postura conservadora.

As atividades do Banco, além disso, estão baseadas na manutenção de uma sólida posição financeira e na adoção de políticas conservadoras também de investimentos. Os segmentos nos quais o Daycoval atua estão entre os que apresentam o maior potencial de expansão no mercado de crédito brasileiro.

Entre os diferenciais estão a manutenção de plataforma de tecnologia de ponta, com sistemas proprietários diferenciados de avaliação e acompanhamento de operações; a experiência no desenvolvimento de canais eficientes de distribuição de produtos; e a agilidade e eficiência no desenvolvimento de produtos.

Além disso, a administração se compromete com elevadas práticas de governança corporativa. Os principais executivos são acionistas, envolvidos nas atividades do Banco e com larga experiência no mercado financeiro. Assim, a preocupação com questões ambientais e sociais é outro diferencial do Daycoval e vem sendo cada vez mais incorporada às atividades por meio de investimentos socioculturais, crédito responsável e capital humano.

Ativos Intangíveis

O Daycoval investe constantemente em seus principais ativos intangíveis, que aportam valor ao negócio e destacam a Instituição em seu setor. Os colaboradores que, por meio de conhecimento e engajamento com a estratégia, oferecem atendimento qualificado e, consequentemente, a formação de relacionamentos comerciais duradouros são o grande diferencial do Banco. Dessa forma, a qualidade do capital humano é fator fundamental para o bom desempenho de todas as atividades. A Instituição investe continuamente em capacitação e bem-estar do público interno. Oferece, entre outros, o DaycoEduca, que inclui a oferta de bolsas de estudo de cursos de graduação, pós-graduação e MBA e, em 2014, contemplou 8% do quadro funcional. Os colaboradores têm ainda à disposição programas de assistência social, ginástica laboral e, em 2014, participaram de uma campanha interna de vacinação contra a gripe.

Outro diferencial é a força da marca. O Banco tem como objetivo ser uma organização perene em todos os aspectos, seja na solidez e segurança que oferece aos clientes e investidores, seja nas relações com a comunidade e na interação com o meio ambiente. Isso só é possível graças à credibilidade e à reputação conquistadas ao longo dos anos, especialmente por meio do conservadorismo e da prudência adotados na administração dos negócios, com elevada estabilidade no curto, médio e longo prazos. Para o Daycoval, o que mais expressa a sua gestão é a base de seu slogan: Seriedade e Competência.

Relacionamento com o mercado

Para aproximar-se de seu público de forma cada vez mais eficaz e construir relações de qualidade com o mercado em geral, a equipe de Relações com Investidores coloca à disposição informações transparentes, alinhadas às melhores práticas de governança corporativa. Em 2014, os profissionais da área também participaram de uma série de eventos nacionais e internacionais, reuniões one-on-one com analistas e acionistas, além de terem realizado reuniões nas Associações dos Profissionais de Investimentos e Mercado de Capitais (Apimec) nas principais capitais do Brasil para analistas, investidores e empresas de rating.

Relacionamento com stakeholders GRI G4-24 G4-25 G4-26

O Daycoval busca a aproximação com seus públicos de interesse, para que suas opiniões e demandas sejam atendidas de forma a qualificar e aperfeiçoar seus negócios e relacionamentos. A Instituição mantém canais de comunicação e busca o engajamento de seus stakeholders, parceiros na geração de valor nos negócios.

Clientes

Especializado em crédito para empresas de pequeno, médio e grande portes, entidades e órgãos públicos, o Daycoval tem como foco a satisfação de seus clientes, razão pela qual concentra seus esforços no aprimoramento constante do atendimento. O objetivo é aumentar a agilidade, criar produtos e serviços inteligentes, flexíveis e adequados ao perfil dos nichos de mercado em que atua e manter a proximidade no atendimento, o que resulta em relações comerciais de parceria estáveis e duradouras. Para garantir elevados padrões de segurança e não comprometer o potencial de pagamento de seus clientes, o Banco gerencia seus negócios com responsabilidade na concessão de crédito, focado no crescimento e na percepção das necessidades desse mercado.

CANAIS DE RELACIONAMENTO

PARTE INTERESSADA CANAIS
Clientes Mala direta – e-mail, de acordo com a estratégia da comunicação de cada produto | Site institucional | Visitas pessoais (PJ) | Call Center | Atendimento pessoal (nas lojas) | Revista Day by Day
Comunidade local Projetos de responsabilidade social | Projeto Brasil Musicantes | Site institucional | Ações direcionadas
Colaboradores Intranet | Mala direta – e-mail, de acordo com a estratégia da comunicação de cada produto | Comunicadores internos | Canais de comunicação nos elevadores da sede | Convenção anual | Dayconews | Revista Day by Day | Ações motivacionais
Fornecedores E-mail | Site institucional
Investidores/Analistas Site RI | Mala direta – email | Avisos CVM e BM&FBOVESPA | Encontros pessoais | Apimecs | Divulgação trimestral de resultados | Eventos
Correspondentes Mala direta – e-mail, de acordo com a estratégia da comunicação de cada produto | Campanhas de incentivo
ONGs Site institucional | Projetos de responsabilidade social | E-mail responsabilidadesocial@bancodaycoval.com.br

Dispõe ainda de gerentes e profissionais na área comercial capacitados para orientar os clientes, desenvolver projetos personalizados e possibilitar que tomem as melhores decisões na aplicação dos recursos, de acordo com seu perfil e as características do negócio. Os clientes contam ainda com canais de atendimento para manifestações internas e externas. Em 2014, do total de reclamações recebidas nesses meios de comunicação, 80,7% foram consideradas improcedentes pela área de Ouvidoria. Todos os canais de relacionamento com os clientes estão adaptados à orientação do Banco Central no sentido de prestação de serviços de SAC e Ouvidoria. Acesse www.daycoval.com.br para conhecer melhor as possibilidades de interação com o Banco.

O Daycoval mantém ainda rigorosos mecanismos para garantir a segurança das informações de seus clientes. Dessa forma, em 2014, não foram registradas queixas sobre quebra de dados que violassem a privacidade desse público. GRI G4-PR8


2014 – COMPARATIVO TRIMESTRAL
PARTICIPAÇÃO DAS RECLAMAÇÕES POR CANAL DE ATENDIMENTO

Gráfico Participação das Reclamações Por Canal de Atendimento
RDR: Registro de Denúncias e Reclamações (sistema do Bacen).

2014 – ÍNDICE DE PROCEDÊNCIA POR CANAL DE ATENDIMENTO





Gráfico Índice de Procedência Por Canal de Atendimento
Os canais de contato direto com o consumidor do Daycoval buscam ouvir, entender e resolver os problemas dos clientes. Nos casos específicos do SAC e da Central de Serviços, o cliente é sempre orientado a aguardar o prazo legal antes de contatar a Ouvidoria, que está apta a atender a qualquer necessidade.

Comunidade local

O Daycoval busca contribuir para o desenvolvimento social brasileiro por meio de investimentos na qualificação de seus colaboradores e em projetos sociais e culturais que beneficiem as comunidades de suas áreas de atuação. O uso responsável de recursos naturais também é incentivado como forma de fortalecer a qualidade de vida e a saúde pública.

Colaboradores

Um dos objetivos do Banco é estar entre as melhores empresas para se trabalhar em seu segmento de atuação. Nesse sentido, a política de gestão de pessoas prevê incentivos aos colaboradores, como a concessão de bolsas de estudo para cursos universitários, de pós-graduação e especialização, relacionados à área de atuação ou função ocupada (DaycoEduca). A Instituição tem como compromisso oferecer boas condições de trabalho e ferramentas adequadas para o melhor desempenho das atividades. Também incentiva a criatividade, para que os processos sejam constantemente aperfeiçoados, estimula o crescimento profissional, reconhece o empenho de seus profissionais e se alia à sociedade no combate a todos os tipos de discriminação.

Além disso, mantém canais de comunicação rápidos e diretos com os colaboradores e promove ampla divulgação de informações e procedimentos por meio da Intranet e do jornal corporativo Dayconews, de periodicidade trimestral (mais informações sobre projetos para o público interno estão disponíveis em Desempenho Social).

Fornecedores GRI G4-12

O relacionamento com os fornecedores é pautado por respeito, ética, transparência e honestidade. O Banco oferece igualdade de oportunidades em todas as transações e prioriza características como profissionalismo, rapidez e seriedade. Além disso, todos os contratos de prestação de serviço incluem cláusulas com a expressa proibição de contratação de trabalho escravo e uso de madeira cuja retirada possa implicar desmatamento, entre outros aspectos socioambientais.

A equipe de compras é formada por profissionais com elevado perfil ético, que buscam relacionamento de parceria e a melhor relação custo-benefício, sem a interferência de interesses pessoais. São privilegiados parceiros que atuam com respeito ao meio ambiente e responsabilidade social e promovem iniciativas que contribuem para melhorar o relacionamento com seus stakeholders.

Além destes fornecedores, o Daycoval conta com uma alta gama de prestadores de serviço na área de tecnologia e informações como TT, CRK, Função, Dell, Philips, A-Line Cartuchos e ATP.

CADEIA DE FORNECEDORES

  2014 2013 2012 2011
Número de fornecedores 45 34 42 35
Principais atividades que
fornecedores e prestadores
de serviços prestam ao Banco
Santanna Serviços Gerais – limpeza e conservação | Del Logistic – logística| Indústria Gráfica Itu – confecção de materiais gráficosKimberly-Clark – materiais de higiene pessoal | Rio Branco – Papel A4 Santanna Serviços Gerais – limpeza e conservação | Del Logistic – logística | Indústria Gráfica Itú – confecção de materiais gráficos  Kimberly-Clark – materiais de higiene pessoal | Nextel Telecomunicações – telefonia móvel OAK Administração e Serviços – limpeza e conservação | Del Logistic – logística | Gráfica Sanroquense – confecção de materiais gráficos | Kimberly-Clark – fornecimento de material de higiene pessoal | Nextel Telecomunicações – telefonia móvel OAK Administração e Serviços – limpeza e conservação | Del Logistic – Logística | Gráfica Sanroquense – confecção de materiais gráficos; Kimberly-Clark – fornecimento de materiais de higiene pessoal |  Nextel Telecomunicações – telefonia móvel
Principais produtos/serviços adquiridos Materiais gráficos, de higiene pessoal, de escritório, de copa e de limpeza;
serviços de logística, de limpeza e conservação
Tipo de contratação que os fornecedores têm com o Banco (contrato formal contínuo, prestação de serviços, contrato pontual,recibo) No processo de compra de materiais,não há contrato com os fornecedores,
mas é realizado processo de cotação com a participação de no mínimo três empresas.
Com prestadores de serviços, há assinatura de contrato, com cláusulas socioambientais.


Investidores e acionistas

A relação do Daycoval com investidores e acionistas é baseada em premissas de transparência e confiança, em linha com as práticas de governança da Instituição. O Banco conta com uma área de Relações com Investidores, responsável por compilar e divulgar informações aos acionistas, investidores e analistas do mercado de capitais. A área atende por telefone, e-mail e presencialmente, na Matriz da Instituição, e também participa de conferências e road shows no Brasil e no exterior. Em 2014, suas equipes estiveram presentes em eventos nacionais e internacionais, além de terem visitado investidores no exterior.

A cada divulgação de resultados trimestrais, são promovidas teleconferências, em português e inglês, para analistas e investidores. Em 2014, foram quatro eventos por telefone, um em cada divulgação trimestral de resultados, que reuniram cerca de 100 pessoas cada um. Ainda nesse ano, a área de RI coordenou quatro encontros Apimec, abordando as estratégias e os principais resultados da Instituição, que foram acompanhados por cerca de 100 pessoas em cada local.

ONGs

Para fazer jus à sua missão, o Banco Daycoval conta com um bem estruturado programa de responsabilidade social, cujos projetos passam por rigoroso processo de seleção. Uma comissão julgadora formada pela Diretoria-Executiva e pela gerência de Marketing avalia detalhadamente todos os impactos positivos para os públicos envolvidos e a própria Instituição.

Além dos investimentos realizados via lei de incentivo, o Banco Daycoval conta com doações diretas a algumas das mais conceituadas e sérias instituições e ONGs do País. (Mais informações sobre o tema podem ser consultadas em Desempenho Social).


Contribuir para o desenvolvimento social do Brasil faz parte da atuação do Daycoval, que investe em projetos sociais e culturais após rigoroso processo de avaliação dos impactos positivos esperados